.

//// integrantes

Assis Benevenuto /// Nascido em 1982, em Belo Horizonte, MG. Doutorando e mestre em Estudos Literários pela Faculdade de Letras da UFMG. Graduado em Letras pela UFMG. Ator formado pelo Centro de Formação Artística do Palácio das Artes. Realizou estudos em Dramaturgia na Universidad Nacional de Las Artes (Buenos Aires, 2017). Trabalha como ator, diretor, dramaturgo, improvisador, poeta e pesquisador. Co-criador e coordenador editorial na Editora Javali, especializada em livros de teatro e cinema. Integrante do Grupo Quatroloscinco. Integrou o Grupo Espanca! como ator e dramaturgo convidado (2009-2018). Coordenou o Ateliê de Dramaturgia/BH e o Núcleo de Pesquisa em Dramaturgia do Galpão Cine Horto (2014-2015). Traduziu as peças Litoral, de Wajdi Mouawad; Escola, de Guillermo Calderón; Ñuke, de David Arancibia; Adiós Rohejata, de Natalia Santos; Máta-me, por favor, de Eduardo Calla.
Ítalo Laureano /// Nascido em 1983, em Bom Despacho, MG. Ator formado pelo Curso Técnico de Formação de Atores do Teatro Universitário da UFMG e licenciado pelo Curso de Graduação em Teatro da UFMG. Desenvolve trabalhos como ator, diretor e produtor cultural. Cofundador do Grupo Quatroloscinco. Foi ator convidado da Cia Drástica de Artes Cênicas. Trabalhou como produtor cultural na Agentz Produções e em importantes festivais como Festival Mundial de Circo, FIMPRO - Festival Internacional de Improvisação, Festival de Performance de BH e FIT-BH - Festival Internacional de Teatro de Belo Horizonte. Lecionou no Curso de Produção Cultural do Senac Minas em 2017. No audiovisual, atuou em séries, telenovelas, curtas e médias-metragens, tais como "Bom Sucesso" (Rede Globo, 2019); "Espelho da Vida" (Rede Globo, 2018); "No coração do mundo" (Filmes de Plástico, 2019); "Santino e o Bilhete Premiado" (Globo Filmes, 2016) e "Azul Celeste" (Dromedário Filmes, 2022).
Marcos Coletta /// Nascido em 1987, em Belo Horizonte, MG. Doutorando em Artes da Cena e Mestre em Artes pela EBA/UFMG. Licenciado no Curso de Graduação em Teatro da UFMG e formado pelo Curso Técnico de Formação de Atores do Teatro Universitário da UFMG. Desenvolve trabalhos como ator, diretor, dramaturgo, poeta e pesquisador. Cofundador do Grupo Quatroloscinco. Integrou o Mayombe Grupo de Teatro, a Uma Companhia de Improvisação e foi ator convidado da Cia Drástica de Artes Cênicas. É autor de textos teatrais para outros grupos e coletivos mineiros como Os Conectores, Plataforma Beijo, Grupo Trama, Cefart/Palácio das Artes, Conexão Galpão e Cia. Luna Lunera. Possui 7 textos teatrais e um livro de poesia publicados. Realizou workshops e orientações de dramaturgia para espetáculos de formatura do Cefart e do Teatro Universitário da UFMG. Desde 2011, integra a equipe do Centro Cultural Galpão Cine Horto, onde coordena o Centro de Pesquisa e Memória do Teatro e faz parte da equipe de curadoria. É membro do conselho editorial da Editora Javali.
Maria Mourão /// Nascida em 1982, em Divinópolis, MG. Atriz formada pelo Curso Técnico de Formação de Atores do Teatro Universitário da UFMG; graduada em Jornalismo pela FUMEC; e pós-graduada em Produção e Crítica Cultural pela PUC Minas. No Grupo Quatroloscinco é produtora e operadora de luz, som e projeções. Realiza também trabalhos de gestão de projetos de literatura, meio ambiente e mobilidade ativa. Já integrou equipes de produção executiva de festivais e projetos como FIT-BH, Festival Mundial de Circo e Teatro Oficina. Também produz e faz a gestão de projetos de artistas e coletivos como Mulheres Míticas, Editora Javali, Ana Regis da Luz e Sara Pinheiro.
Rejane Faria /// Nascida em 1961, em Belo Horizonte, MG. Atriz, diretora e professora de teatro graduada pela UFMG; formada também no curso de Artes Cênicas - Aperfeiçoamento do Comunicador, no UNI-BH. Cofundadora do Grupo Quatroloscinco. Dirigiu o Grupo de Teatro dos Correios de Minas Gerais e foi Supervisora Sociocultural da mesma empresa (2005-2017). Foi integrante da Cia. Móvel de Teatro, dirigida por Luiz Arthur e Mônica Ribeiro. No cinema e na TV, atuou em mais de 20 filmes e séries, com destaque para o filme "Temporada", de André Novais, e a série "Segunda Chamada", da Rede Globo. Recebeu o prêmio Usiminas/Sinparc de Melhor Atriz Coadjuvante (2010), prêmio de Melhor Atriz no Festival Guarnicê de Cinema do Maranhão (2016), prêmio Copasa/Sinparc de Melhor Atriz (2017), prêmio de Melhor Atriz no Festival CineTamoio 2020 pelo curta “Levantar de um Golpe”, e Menção Honrosa de Melhor Atriz no Festival de Cinema WINNER GIMFA Cine Silente México 2020 também por “Levantar de Um Golpe”.