.




/// O Quatroloscinco - Teatro do Comum estreia dia 11 de outubro, na Funarte MG, a sétima peça do seu repertório. "Tragédia" conta com a direção de Ricardo Alves Jr. e dramaturgia de Assis Benevenuto e Marcos Coletta. O espetáculo segue em cartaz até o dia 25 de outubro, de quarta a domingo, sempre às 20h30. Este projeto é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte e conta com patrocínio do Instituto Unimed BH.

"Tragédia" aborda aspectos da tragédia grega sob um olhar contemporâneo, a partir da leitura da peça "Antígona", de Sófocles. Em volta de uma mesa de sinuca, os quatro atores jogam com a realidade e a ficção para tocar em questões como os jogos de poder, a parcialidade da justiça, a naturalização da violência e o apagamento da memória por parte dos que detém o poder. Mas também da sina eterna e trágica que é viver nesse mundo, em qualquer lugar, em qualquer época da história, percorrendo o mesmo caminho – desconhecido, doloroso e errante.

Segundo Ricardo Alves Jr, a encenação se lança ao desafio constante de compor um todo por meio do fluxo entre linguagens - verticalizando suas potências - para transpor para cena a tragédia antiga e “eterna” do indivíduo insubmisso, comprometido e ético, em conflito com um poder tirânico que insiste em tentar apagar os seus crimes, impondo a mentira e o esquecimento como norma.

“Neste novo trabalho, lançamo-nos ao desafio de olhar para a tragédia grega por meio de uma perspectiva que busca ressignificar o mito sob a experiência da angústia dos nossos dias.” Ainda segundo o diretor, os interstícios entre o teatro e o cinema, como projeção em tempo real e o desafio de performar em registros distintos resultaram em um câmbio perene que se expressou de modo orgânico, ao mesmo tempo que se resvalou na dimensão simbólica do arquétipo trágico.

A estreia de "Tragédia" marca uma nova fase do Quatroloscinco, logo após a bem- sucedida peça FAUNA que participou do Sesc Palco Giratório 2018. Além disso, depois de cinco anos, quando o grupo estreou HUMOR, é a retomada dos quatro atores juntos em cena novamente e a primeira vez que um artista externo dirige o grupo. Com 12 anos de estrada, a companhia encara a estreia do trabalho como um ato de resistência ou como brincam entre si, um ato de teimosia, já que tudo joga contra a permanência de um trabalho continuado em teatro.

Ficha técnica
Direção: Ricardo Alves Jr.
Dramaturgia: Assis Benevenuto e Marcos Coletta
Atuação: Assis Benevenuto, Italo Laureano, Marcos Coletta e Rejane Faria
Direção de arte: Thálita Motta
Assistência de figurino: Ian Godoi, Carina Fonsc e Poliana Carvalho
Assistência de cenografia: Paola Ferrari e Bruna Silva
Criação de luz: Marina Arthuzzi, Jésus Lataliza e Rodrigo Marçal
Trilha sonora: Barulhista
Música final: Barulhista e Tatsuro Murakami
Operação de som:Fabrício Lins
Orientação corporal:Fernando Barcellos
Orientação vocal:Ana Hadad
Arte gráfica: Letícia Naves
Assessoria de comunicação: Renata Rocha
Fotografia: Luiza Palhares
Vídeos: Fábio Gruppi
Tradução para guarani: Graciela Chamorro
Orientação italiano: Amanda Bruno
Produção:Maria Mourão
Realização:Grupo Quatroloscinco - Teatro do Comum

TRAGÉDIA – temporada de estreia
11 a 25 de outubro, quarta a domingo, 20h30
Funarte MG – Rua Januária, 68. Centro. BH.
R$20 (inteira) R$10 (meia-entrada)
Classificação: 12 anos
Duração: 65 minutos